facebook_pixel

Tutorial Photoshop Pele do Bebê

A Liana Lemos preparou este tutorial de Photoshop para ajudar você, fotógrafa newborn, a tratar a pele do bebê e tirar a vermelhidão.

O curso de tratamento

O Ronald McDonald da fotografia

Eu acredito na bondade das pessoas.

Mais uma prova disso foi um papo que rolou no grupo do Newborn Carioca no What's App sobre caridade. Estávamos conversando sobre o próximo evento Dicarioca, que acontecerá em junho e cuja renda será doada para uma instituição onde a fotógrafa Vanessa Somellera faz trabalho voluntário. É uma casa que acolhe adolescentes grávidas e seus filhos.

A fotógrafa Luana Menário comentou:
"Falando em trabalho voluntário, eu gostaria muito de fazer, só não sei o que nem como. Talvez fazer fotos de crianças que nunca tiveram oportunidade. Se alguém tiver algum algum projeto neste sentido e puder me incluir, eu agradeço muito."

A Susiley da AutoFocus sugeriu o seguinte:
"Uma coisa que de vez em quando eu faço é uma rifa de mini ensaio. E a renda vai pro grupo de trabalho social q participo.Você pode tb pedir doações de leite pó ou fralda nos seus mini ensaios e doá-los a um lar/orfanato..."

E a Fernanda Oliveira, da Photo de Fato, sugeriu outra forma de aliar a caridade ao trabalho:
"O que faço às vezes é vender o mini ensaio com 10 fotos. O cliente que traz uma doação (que escolho dependendo da época) ganha mais 5 fotos. Aqui da super certo!"

Eu acredito muito nas pessoas. Parto sempre do pressuposto que as pessoas são boas, do bem - o que pode ser até interpretado com ingenuidade. Acredito que a maioria quer o bem do próximo, mesmo tendo infinitos maus exemplos vindo de cima em nosso País...

No esquenta para meu workshop de marketing dia 05/06, minha cabeça não para de pensar em formas de conquistar novos clientes e fidelizar os já existentes. Nós fotógrafos temos a vantagem de ter um trabalho simples de ser aliado a boas ações. Isso se chama marketing social.

Gostaria de acrescentar uma ideia ao que minhas colegas falaram acima. É uma iniciativa que reforça assuntos que já falei antes. Se você quer atrair e conquistar novos clientes, ou talvez apenas oferecer algo especial para os clientes que já depositaram a confiança e o dinheiro deles em você, tá valendo!

- Escolha uma instituição para contribuir
- Anuncie que fará um dia de ensaios de 20 minutos em prol desta instituição
- Deixe claro e documentado que as fotos poderão usadas para divulgação do seu trabalho nas redes sociais ou em seu blog/site.
- Defina a melhor forma do cliente contribuir: doação em dinheiro, leite em pó ou agasalhos, por exemplo. Eu prefiro doações em dinheiro direto na conta da instituição porque servem como garantia de que você não levará um bolo. Só reserve o horário mediante comprovante.
- Escolha um único tema para os ensaios. Pode ser fazendinha, pirata, sereia, pescaria, Paris, festa do pijama... O céu é o limite para sua imaginação (e na loja você certamente encontrará um fundo perfeito para todos esses e outros temas! rs)
- Agende um dia para fotografar os ensaios e marque um a cada meia hora (sem esquecer do horário de almoço)
- Fotografe muito e entregue 5 a 10 fotos digitais, via WeTransfer, Dropbox ou Google Drive.

Sim, você deu uma de Ronald McDonald e aproveitou para praticar o bem e promover sua empresa. Não, não há nada de errado com isso.

Em breve colocarei essa ideia em prática e conto pra vocês como foi.

Pronto! Você fez uma boa ação, fortaleceu sua marca, reencontrou clientes antigos e conheceu novos.

Agora é só ser feliz!

Um beijo,
Dani

O que você precisa saber para fazer mini ensaios temáticos de sucesso

Como obter lucro com os mini ensaios temáticos

Aqui no Brasil, a gente adora um motivo pra festejar! Dia das mães, Dia das crianças, festa junina, carnaval, Natal… Tudo é motivo para festa, e também para fazer um lindo ensaio temático!

Os mini ensaios são pequenas amostras de seu trabalho. Para o cliente, são um investimento de baixo risco e de menor custo. Para você, podem ser uma grande oportunidade de captar novos clientes e fazer com que os antigos se recordem de você.

Você certamente irá atrair todo tipo de cliente, inclusive aqueles que só têm interesse em ensaios de baixo custo. O importante é investir sua energia no relacionamento com os clientes mais propícios a contratá-lo no futuro para um ensaio de valor cheio. Estes são os que você precisa fidelizar!

1 – TENHA DISCIPLINA E RESPEITE SEUS PRÓPRIOS LIMITES

Mantenha os ensaios bem curtinhos, entre 15 e 25 minutos. A intenção também é deixar um gostinho de quero mais! Limite o número de clientes e horários. Escolha dois dias para realizar todos os mini ensaios e não agende nenhum fora desta janela de tempo.

Fundo fotográfico em tecido para ensaio newborn e infantil temático de Natal

Fundo fotográfico em tecido 776 – Foto: Paula Moreira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 – FORME PARCERIAS RELEVANTES

Pense no seu público alvo. Onde ele compra? Que lugares ele frequenta? Se seu público é de bebês, forme parcerias com lojas de artesanato, móveis infantis, restaurantes com área de lazer, casas de festas etc.

Menina sentada num cenário de Natal com fundo fotográfico em tecido

Fundo 780 – Foto: Paula Massoni

 

 

 

 

 

 

 

 

3 – EXIJA PONTUALIDADE

Só feche a agenda após o pagamento do sinal. Deixe bem claro que sua agenda é corrida e que a pontualidade é primordial para que você possa atender a todos com conforto. Estabeleça uma data limite para a contratação do mini ensaio.

Menina sentada num cenário de Natal com fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido com tema de Halloween

 

 

 

 

 

 

 

4 – OFEREÇA PRODUTOS IMPRESSOS

Mini ensaios são sinônimo de trabalho árduo e intenso. Valorize seu tempo e tenha em mãos amostras de produtos para potencializar seu lucro. Ofereça produtos diferentes dos ensaios cheios, como cartões de Natal, enfeites, slideshows e presentes em geral. Tenha em mãos uma lista de produtos e preços específicos para esta ocasião. É interessante ter um ajudante, pois há grandes chances de você se sentir física e mentalmente exausto!

Dois bebês fantasiados de super heróis

Fundo fotográfico 467 by Juliana Cassab – Foto: Nanda Greis

 

 

 

 

 

 

 

5 – SEJA CLARO E EVITE SURPRESAS DESAGRADÁVEIS

Não esqueça de deixar bem claras as condições propostas no mini ensaio. Informe sempre o número de fotos, quantidade de pessoas (já imaginou se seu cliente chegar com os quatro avós?), número de cenários, quem fornece a roupa e os props. Em outras palavras, explique exatamente o serviço oferecido.

Fundo 195 by Luana Santos – Foto: Luana Santos

 

 

 

 

 

 

 

6 – IMPRESSIONE COM CENÁRIOS IMPACTANTES

Pense com carinho ao escolher os cenários que vai montar levando em consideração, primeiramente, seu gosto e seu estilo pessoais. Aqui você pode escolher dentre uma grande variedade de cenários. Prepare-se com antecedência e faça fotos de amostra para publicar nas chamadas no Facebook e no Instagram.

Menino asiático fantasiado de coelho com fundo Fotográfico em tecido de coração

Fundo 267 – Foto: Daniela Margotto

 

 

 

 

 

 

 

7 – FAÇA UM FOLLOW-UP

Para que o investimento do seu tempo valha a pena para sua empresa, o próximo passo depois do mini ensaio é crucial! Primeiramente, inclua os novos clientes em seu banco de dados e atualize as informações dos clientes recorrentes.

– Entre em contato três a seis meses depois do mini ensaio, pois os bebês já estarão precisando de novas fotos!

– Anote os aniversários dos bebês e das crianças para mandar cartões e oferecer ensaios especiais.

– Mande notícias do seu estúdio ou de um curso novo que você fez. Novidades, melhorias e investimento em educação sempre impressionam.

Fundo fotográfico em tecido com estampa de Páscoa

Fundo 205 by Isabella Figueira – Foto: Sueli Zischler

 

 

 

 

 

 

 

8 – PRATIQUE A CARIDADE

Aproveite o espírito das datas comemorativas para arrecadas brinquedos e alimentos para sua instituição de caridade favorita e/ou reserve alguns horários para ensaios para família carentes. Nunca perca uma oportunidade de fazer o bem!

Quer receber mais dicas e promoções? Se inscreva aqui.

Com estas dicas, você sem dúvida terá um Natal proveitoso!

Veja mais dicas para enriquecer seus mini-ensaios de Natal:

“Use enchimento de feltro para imitar neve!”
– Liana Lemos

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Ensaio fotográfico de cake smash com fundo em tecido tem Monstros S.A.

 

 

 

 

 

 

 

“Utilizar luzes de nas composições. Pode ser bolas que acendem, ou mesmo os conhecidos “pisca-piscas”, vale criatividade. A composição certamente ficará enriquecida! ;)”
– Roberta Marcus Reis

“Natal é a minha época favorita do ano… vai chegando dezembro e eu já sinto aquele aconchego, um clima gostoso de expectativa para a grande noite, a chegada do Papai Noel, a família reunida, muitas comidinhas gostosas, festa e alegria! Acho muito legal tentar inserir isso nas composições, seja com tons amadeirados e pisca-piscas, um tapete fofinho com uma cabaninha, ou um cenário mais frio, imitando a neve, com roupas quentinhas e presentes na árvore. O importante é se deixar envolver pela magia do Natal e tentar levar essa alegria para as sessões. Usar as cores clássicas não tem erro: verde, vermelho e dourado, mas fugir do óbvio e explorar tons de azul também dá muito certo! E, para finalizar, nada melhor do que um mimo para os clientes, pode ser um brownie, gingerbreads ou pão de mel numa embalagem fofa e natalina, ou até mesmo um enfeite para árvore de Natal personalizado. <3”
– Deborah Demétrio

Crianças em ensaio de Natal com fundo fotográfico em tecido

Fundo 110 by Loreta Labarca – Foto: Déborah Demétrio

 

 

 

 

 

 

 

Aproveitou as dicas? Compartilhe com seus colegas. Assim fortalecemos nossa profissão!

Tem dicas para acrescentar? Deixe aqui nos comentários. 🙂

Sou Dani Bertolucci. Carioca, mãe, casada, apaixonada, inspirada, companheira, desapegada, sincera, humana. Sou professora desde 2001, fotógrafa desde 2009 e feliz em poder unir estas duas paixões em cursos e workshops de Fotografia de Família e Retrato Contemporâneo. Sou proprietária da loja Dani Bertolucci Props and Drops, socio-fundadora do Newborn Carioca e me especializei em estratégias de marketing e divulgação por meio de redes sociais.

 

12 ações que você precisa tomar para bombar no Instagram

São 500 milhões de usuários e 95 milhões de posts diários.

Ei, fotógrafo! Você está explorando todo o potencial do Instagram para seu negócio?

O Instagram é um nome que se tornou sinônimo de fotografia móvel. Mas o aplicativo que começou como uma rede social para amigos compartilharem imagens capturadas com seus smartphones amadureceu e se tornou uma plataforma indispensável para fotógrafos. E, como o objetivo do Instagram é atrair cada vez mais marcas e empresas através de fotografias esteticamente agradáveis, a ideia de fazer upload de imagens apenas do celular ficou ultrapassada.

Aqui vão mais algumas dicas pra você bombar no insta!

1. Use um nome fácil de ser lembrado. Se você precisar soletrar, significa que será altamente esquecível!

2. Sua conta deve ser aberta. Se isto for um problema pra você, crie outra conta e mantenha os posts profissionais separados dos pessoais. No entanto, se você acha que seus posts pessoais serão relevantes para seu público-alvo, mantenha tudo na mesma conta. O importante é lembrar que não existe divulgação se você não estiver sendo visto!

3. Descreva no seu perfil quem você é e onde você está. Sua localização é um fator decisivo na hora da contratação. Desta forma, quem visualizar seu material saberá se são da sua região. Não esqueça de informar seu site ou blog. O Instagram não permite links nos posts e o único link ativo que você pode ter é o do seu perfil.

4. Você pode sincronizar o Instagram com o Facebook e publicar nas mesmas redes depois, mas lembre-se de depois mudar a legenda no Facebook. Cada plataforma tem sua linguagem e identidades própria.

5. Poste para seu público alvo e não para seus concorrentes. Quem é seu cliente? Onde ele mora? Que idade ele tem? O que ele consome? O que ele gosta de fazer? Poste conteúdo relevante para ele. Fotos bonitas não são o suficiente para que alguém siga sua conta. #danisincera.

6. Compartilhe os posts do seu blog no Instagram encurtando os links com ferramentas como bit.ly. O link precisa ser fácil de lembrar para a pessoa digitar e copiar. Mais tarde, você poderá analisar quantas pessoas acessaram seu blog por terem visto seu post, pois o bit.ly fornece esta informação para sua análise.

7. Poste vídeos dos bastidores. Eles podem durar até 1min, mas tome cuidado para não ficar cansativo. Clientes sempre ficam impressionados com o que acontece por trás das câmeras. As pessoas são curiosas e ver você em ação contribui para a valorização do seu trabalho.

8. Use aplicativos para criar slideshows. Você não precisa mostrar só uma foto de cada vez. Um aplicativo legal que uso para criar slideshows no Android é o WeVideo. Vale o investimento! O Highlight Reel também funciona bem e é grátis, mas é mais limitado.

9. Use hashtags de forma inteligente. Hashtags são um meio de encontrar conteúdo relevante. Se coloque no lugar do cliente e pense no que ele busca no Instagram. Que hashtags ele usaria?

10. Poste montagens de duas fotos. Por algum motivo, estatisticamente, as fotos postadas em dupla têm mais visualizações.

11. Poste no Stories com frequência para aumentar as chances de seus seguidores estarem na plataforma na hora que sua foto ou vídeo aparecer.

12. Crie ofertas especiais para os seguidores que virem seu Stories. Peça aos usuários para responder imediatamente a uma de suas histórias Instagram através de uma mensagem privada. Peça que eles usem o recurso Direct Message (DM) para aproveitar a oferta. Por exemplo, você poderia dizer: "Responda via DM e aproveite minha oferta!" O uso do DM fornece outro ponto de contato para o engajamento e outra oportunidade para os clientes desenvolverem um relacionamento mais profundo com sua marca.

O que mais você gostaria de saber sobre marketing? Deixe suas dúvidas nos comentários. 🙂

Beijos,

Dani

Pra eu deixar de ser teimosa!

Você já encasquetou com uma ideia e depois percebeu que estava insistindo numa coisa que não deveria?

 

Neste mês de abril, completo três anos de loja. (Quem conhece a história da loja Dani Bertolucci Props and Drops pode pular o próximo parágrafo.)

Em 2013, abri um pequeno estúdio no Flamengo onde fazia fotografia Newborn, Fotografia de Gestantes e Retrato Contemporâneo. Era um espaço distante do que eu vislumbrava como ideal. Tinha pouca luz natural e nenhum espaço para iluminação artificial. O aluguel na época do boom pré-Copa e pré-Olimpíadas no Rio de Janeiro era inegociável. Meu marido tinha acabado de perder o emprego e eu não podia investir em props para valorizar minhas fotos. E os fundos fotográficos que eu tinha para usar deixavam muito a desejar: eram pesados, precisavam ser guardados em rolos e, mesmo assim, amassavam. Naquele pequeno espaço, cada cm2 era valiosíssimo! Comecei a pesquisar incansavelmente uma solução que desse um ar mais interessantes às minhas fotos nos quesitos cor e composição. Eis que surgiram os fundos fotográficos em tecido!

Semana passada estive no workshop da Ana Brandt, como tradutora. Foi uma oportunidade incrível de conhecer pessoalmente um verdadeiro mito da fotografia de gestantes e de newborn do mundo! Ela é de fato um fenômeno! Com 18 anos de experiência no mercado, Ana Brandt se especializou, desde os primeiros clicks, no registro dos primeiros meses, da barriga até a infância. O motivo para tanta dedicação é ela mesma não ter nenhuma foto de antes dos cinco anos de idade. Já imaginou não saber como você era até completar cinco aninhos? Ela tem uma história muito emocionante. Foi abandonada em Nova York, no meio da rua, e depois foi adotada. Espero que todos tenham a chance de ouvi-la um dia porque nada se compara a ouvir um relato da boca da pessoa que vivenciou tudo isso. Minha admiração só aumentou.

Ana é, além de excelente fotógrafa, uma mulher de negócios de sucesso. Ela otimiza seu tempo e sistematiza os processos de sua empresa para potencializar o lucro do seu estúdio. Consegue agendar um ensaio newborn às 9h e outro às 11h. Das duas horas que passa com o bebê, só está clicando durante uns 15 minutos. À tarde, faz mais dois ou três ensaios de gestante ou infantis. Sim, é possível! E ela é gente como a gente, então não adianta dar a desculpa de que ela é “a” Ana Brandt! Tudo que ela conquistou e aprendeu foi com suor e muito esforço. Mais ou menos como eu e você. A gente chega lá! 🙂

Agora, voltando ao assunto da minha teimosia… Sempre converso com meus clientes sobre minha preferência por fundos fotográficos maiores, de pelo menos 2m de largura. Não fazia mais os menores, de 1,45 x 1,45, por achar que era um desperdício. Pela diferença de preço, minha lógica dizia que valia mais a pena ter um fundo um pouco maior que servisse para fazer um fundo infinito, ou para fazer um vinco no rodapé e fazer chão e piso. (Vide fotos.)

Fundo fotográfico em tecido para ensaios infantis e newborn

Fotógrafa Lamara Andrade, com fundo 129.

Fundo fotográfico em tecido para fundo infinito

Fotógrafa Paloma Mouta, com fundo amadeirado.

Eis que Ana Brandt abre sua mala e saca um rolo com fundos fotográficos de papel de menos de um metro! Naquele exato momento, me passaram pela cabeça todos os papos que tive com meus clientes sobre ser muito mais vantajoso comprar os fundos maiores. Tinha plena convicção de que estava dando um ótimo conselho! Olha só ela usando o fundo da Intuition.

Para concluir, já está resolvido! Depois desta minha lição de humildade, lançarei os mini drops semana que vem. Estou muito feliz em poder oferecer um produto mais acessível para todos! E vambora fotografar! 🙂

DICA: Ana Brandt usa sua 35mm para fazer as fotos de cima para baixo, com a lente paralela ao chão e centralizada no bebê dentro do cesto.

Veja alguns dos lançamentos de 100cm x 70cm que estarão disponíveis semana que vem:

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

Fundo fotográfico em tecido

A diferença é que os nossos serão de tecido e dobráveis! 🙂

Um beijo,
Dani

Como fazer o Cascão gostar de água

Olá, gente bonita!

Hoje vou ser bem direta.

Tem gente que chama de perfeccionismo e acha bonito. Eu chamo de protelação. Podem me xingar! rs…

Vamos falar abertamente. A verdade é que passamos nosso dia evitando as coisas difíceis e somos absorvidos por uma força magnética emanada pelas coisas fáceis. Acabamos preenchendo nosso tempo com essas coisas e, de repente, os filhos chegam da escola e o dia acabou!

Nem reparamos! Ou melhor, não admitimos. Quando nos damos conta, já se foi meia hora nos grupos do What’s App… Tem muita coisa que a gente considera trabalho, mas poderia limar tranquilamente e investir esse tempo de forma muito mais produtiva.

Quantas vezes por dia a gente ouve alguém reclamando que “não tem tempo pra postar”?

Eu acredito que a gente deixa pra depois tudo que não gosta de fazer. Para muitos fotógrafos, a dificuldade é em encontrar tempo para o marketing em redes sociais. Mas pensa bem… você já viu alguma musa fitness reclamar que não tem tempo de malhar?

Pois é, a gente sempre arruma tempo pra fazer o que gosta!

(Não estou dizendo que vocês são um bando de desocupados, ok? rsrs.. Pelo contrário!)

[ Agora segura um instante que vou ali pro confessionário] …

Quando criança, eu trancava a porta do banheiro, deixava o chuveiro ligado e fingia que estava tomando banho. Dizia que o-di-a-va tomar banho! Mas quando minha mãe descobria e me obrigava a entrar no chuveiro, eu não queria mais sair!

Moral da história: O Cascão só vai descobrir que gosta de água quando se molhar.

Ou seja, talvez o marketing não seja lá tão sofrível assim e você só precise de uma base, umas gotinhas, uma borrifada!

Basicamente, sem público, você não tem cliente. Num mundo ideal, começaríamos por atrair nosso público alvo, construir uma tribo de seguidores e agregar uma legião de fãs antes mesmo de nos lançar como fotógrafos.

O que mais vejo são as pessoas se preocupando com as coisas erradas.

Querem trocar de câmera, fazer um site ultra moderno, mudar de logo…  Se você está preocupado com essas coisas e não disponibiliza conteúdo cativante para conquistar seu público, você está pulando as etapas.  E, consequentemente, jogando dinheiro no lixo. #danisincera

Antes de pensar nestes detalhes, a prioridade número um deveria ser alcançar seu público alvo oferecendo benefícios a ele – mesmo sem ter sido contratado! Sim, estou falando de dar de graça.

Mas não é pra sair fazendo ensaio 0800, gente! Peraí!

Você precisa pensar além do que produto/serviço que vende (fotografia, no caso) e focar em ser *relevante* para o seu cliente ideal. Imagine:

Quem você é:
– Fotógrafo de paisagem que vende impressões fine art

Qual é o perfil do seu cliente ideal (para quem você quer vender?) :
– Um homem solteiro apreciador da natureza e da arte contemporânea

Conteúdo interessante para exibir para seu público alvo:
– Como pendurar quadros na parede da sala, imagens que vão impressionar as visitas, sugestões de decoração masculina em apartamentos pequenos, lançamentos de produtos de beleza orgânicos e ecológicos para homens, opções de artigos de arte para oferecer como presente, as dez melhores trilhas para fazer com amigos no Brasil…

Entende o espírito da coisa? 🙂

Investindo seu tempo em criação e curadoria de conteúdo, você irá construir um namoro com o público certo e, no momento certo para ele, seu cliente ideal lhe pedirá em casamento = vai contratar você! Conquistando sua tribo, você terá muito mais resultado para vender seu produto ou serviço. Então, por enquanto, se concentre nisso. Quando obtiver resultados, talvez você até comece a curtir um pouco de marketing. 😉

Beijo grande,
Dani

PS: Quero ver quem vai ter coragem de deixar uma confissão como a minha! Hahaha!

Dê um salto do regular para o excelente com estas dicas!

Maneiras simples de elevar o nível de suas fotos

Estes truques e dicas vindos dos meus clientes queridos ajudarão você a criar cenários perfeitos com fundos fotográficos.

Dentre tantos props encantadores, o fundo fotográfico é a base da sua foto. É a tela sobre a qual você criará sua arte e transportará seu cliente. O backdrop é auto-suficiente e muitas vezes você não precisará de nenhum outro acessório para compor sua foto. Porém, você não pode simplesmente fixar o fundo e sair clicando. Todo click tem que ser pensado e planejado. E lembre-se: a estrela da foto é o cliente e o fundo fotográfico é um elemento de apoio artístico.

Ensaio infantil com cenário Dani Bertolucci

Foto Dani Bertolucci

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Dani Bertolucci

O bebê não pode parecer que faz parte do cenário. Para destacá-lo e separá-lo, afaste-o do fundo para obter mais desfoque, independente da objetiva que estiver usando. Deixe um espaço de aproximadamente 90cm entre ele e o fundo.

ENsaio branca de neve com backdrop Dani Bertolucci

Foto Deborah Demétrio

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Gizelle Souto

Os props podem ser grandes aliados na composição. No entanto, há de se respeitar a escala dos objetos inseridos no cenário. Nosso olhar é atraído, principalmente, pelos objetos maiores, mais claros e mais próximos. O bebê é o foco principal, portanto, é importante observar se os outros objetos estão roubando os holofotes. Fazendo uma analogia com o cinema, podemos considerar o aniversariante como protagonista, o bolo como coadjuvante e os acessórios como figurantes. Liana Lemos ilustra bem isso na foto abaixo. Em um ensaio Cake Smash, o bolo é colocado na frente do bebê. Porém, o bolo é menor que o bebê e, portanto, a ênfase continua no aniversariante.

Os demais enfeites estão afastados e isto cria a ilusão de mais profundidade.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Liana Lemos

O fundo fotográfico escolhido pode literalmente levar você a qualquer lugar! Da cozinha ao Velho Oeste, as possibilidades são infinitas. Complemente o fundo com elementos relevantes que contextualizam a foto. Os fundos temáticos proporcionam variedade e funcionam muito bem para acompanhamentos de bebês de 0 a 12 meses. Outro ótimo recurso para atrair clientes é promover ensaios que replicam as estações do ano e as datas comemorativas.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto: Naldo Miranda

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Liana Lemos

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Ensaio de verão com fundo fotográfico em tecido

Seja criativo, mas consistente na edição. Nossa arte termina com a pós-produção. Ela é o toque final que define nossa identidade, muito mais que qualquer logomarca. Um grande exemplo que prova isso é o trabalho da Lidi Lopez. No início de sua carreira, insistiam que ela pusesse sua logomarca nas fotos publicadas. Ela bateu o pé e se recusou, pois o objetivo dela sempre foi ser reconhecida pelas imagens que cria. Ao longo dos anos, ela criou uma identidade tão forte que, ao ver uma foto assinada por ela ou por uma das fotógrafas de sua equipe, o nome Lidi Lopez logo nos vem à mente. Resumindo, a mesma linguagem deve ser comunicada ao longo do processo de criação e reconhecida em todo o seu portifólio. Você não pode começar falando português, ter umas ideias em japonês e terminar com um toque de francês. Exiba seus melhores trabalhos, na certeza de que todos falem a mesma língua, de forma consistente. Assim, você atrairá os clientes que são fluentes no idioma das suas fotos.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Utilize fita crepe o chão da casa do cliente para montar um mini estúdio. Para quem usa luz ambiente, é uma ótima alternativa para montar o cenário buscando a melhor luz.

As possibilidades são:
1. fundo fotográfico em tecido no chão + parede da casa do cliente

Making of Isabella Figueira

2. Chão do cliente + fundo fotográfico na parede

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Lidi Lopez

Cenário para fotos com fundo fotográfico em tecido azul

Making of Stephanie Robin

3. Um fundo fotográfico dobrado no encontro da parede com o chão

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Cinara Piccolo

4. Um fundo fotográfico no chão e outro na parede.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Cinara Piccolo

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Cinara Piccolo

5. Um fundo no chão para foto de cima pra baixo

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Stephanie Robin

6. Um fundo com uma ponta presa no tripé, curvado, com a outra ponta colada no chão para fazer um fundo infinito.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Bruna Veratti

Irmão num fundo fotográfico marrom texturizado

Irmão mais velho com irmã recém-nascida no colo.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Janaine Wobeto

Use cores neutras nas composições com props extravagantes. Este equilíbrio permite ousadia, mantendo a foto balanceada e o foco sempre no bebê.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Tarcisio Bino

Uma das dúvidas mais frequentes sobre os fundos fotográficos em tecido são as fotos com bebês maiores, que se mexem bastante. Mesmo com o fundo fixado no chão com fita crepe, existe a possibilidade de ele sair do lugar. Recomendo as duas alternativas abaixo:

7. Posicione o bebê dentro de um prop. Eles adoram ficar apertadinhos em caixinhas e cestos, e isto impede que o piso fique sambando pra lá e pra cá.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Dani Bertolucci

8. Utilize uma placa de acrílico sobre o tecido no chão. O bebê (ou até o pet!) poderá se mexer à vontade!

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Adriana Mendes

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Making of Janaine Wobeto

Cenário de Páscoa para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Adriana Mendes

9. Busque harmonia na seleção de cores. Utilize o círculo cromático como referência e ouse nas combinações. Comece com poucas cores e, aos poucos, vá inserindo elementos e acessórios coordenados com as cores presentes no fundo.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Liana Lemos

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Liana Lemos

Busque inspiração fora da fotografia. Procure como as cores convivem em harmonia com outras cores na natureza, na decoração e na moda. Se as cores convivem bem juntas nestes ambientes, elas funcionarão na sua foto também. A cor é o fator determinante para indicar o humor de uma fotografia. Por exemplo, o laranja é a cor da felicidade e potencializa os bons sentimentos. Apesar disso, nem todo mundo se sente confortável para usar esta cor em suas composições fotográficas. Estas fotos são prova de que você pode abusar das cores sem ficar over.

Cenário para fotos Dani Bertolucci Fundos fotográficos

Foto Tarcisio Bino

Promete que me conta se experimentar essas técnicas? Tenho certeza que você sentirá uma diferença enorme no resultado! Estou curiosa para ver suas fotos daqui pra frente! 🙂

 

PS: se você não sabe por onde começar a investir, preparei um kit basicão pra você que está lendo este artigo até o final do Carnaval.

cenários para fotos com textura

Kit de três fundos fotográficos básicos e versáteis, disponível por tempo limitado.

Progress Pregnancy: Acompanhamento da gestação

Sempre que leio algo interessante e que possa ajudar meus clientes nas vendas, gosto de compartilhar. Conheci o trabalho da fotógrafa Sandra Moffatt através do Stand In Baby, um boneco que imita perfeitamente o bebê recém-nascido e suas articulações, permitindo que se pratique livremente sem colocar nenhum bebê em risco, contribuindo para ensaios mais seguros, atraentes e profissionais. Olha só, que incrível!

No texto, ela descreve como usa os ensaios Progress Pregnancy para gerar mais vendas em seu estúdio e fidelizar os clientes desde o comecinho da gestação. Ela é explícita ao afirmar que esta estratégia de marketing a mantém ocupada o ano inteiro, ou seja, é trabalhosa, como qualquer tática bem trabalhada para captar clientes.

Com a permissão da Sandra, traduzi o texto para vocês. Quem preferir ler o original, em inglês, ele segue logo abaixo. 🙂

PS: A Sandra gentilmente cedeu esta montagem para ser usada como exemplo para seus clientes, desde que dados os devidos créditos, claro!

Gravida durante a gravidez

Progress Pregnancy – Créditos: Sandra Moffatt

Muitos fotógrafos estão revendo seus planos de marketing para 2017, por isso resolvi compartilhar uma de nossas estratégias de marketing, o acompanhamento da gravidez.

Faz cinco anos que usamos o acompanhamento de gravidez como estratégia de preços loss leader (prejuízo de preços), um produto vendido a uma perda para atrair clientes. Cobramos um preço reduzido em relação aos nossos ensaios comuns. Ele inclui uma montagem criada a partir de oito ensaios (o primeiro sendo na 12a semana de gestação e, o último, no ensaio newborn). Todos os ensaios são curtos e duram entre 10 e 15 minutos, exceto o último ensaio na gravidez (duração de uma hora, com companheiros e irmãos) e o ensaio newborn (duração de duas horas, incluindo a família também).

Nós adoramos o Acompanhamento da gravidez porque eles estimulam os futuros pais a nos contratar antes da 12a semana de gravidez e permitem criar um elo forte com nossos clientes, pois passamos a ser “parte do processo”. Eles contam sobre os altos e baixos de cada etapa (e eu, particularmente, fico empolgada para conhecer e fotografar os bebês). 

Descobrimos que, ao final deste tipo de acompanhamento, os clientes gastam mais na compra de fotos do que nosso clientes comuns, pois eles tiveram meses para se economizar  e se preparar mentalmente para investir nas fotos de gravidez e newborn. Cria-se um elo com o estúdio e, em consequência, eles voltam. Muitas vezes, nos tornamos tão próximos que eles parecem ser da família (o que nós adoramos, porque vemos os bebês crescerem). E, mais importante, eles sempre contam e nos indicam para seus amigos!

Através dos ensaios Progress Pregnancy, desenvolvemos um relacionamento próximo, que é construído muito antes de outros fotógrafos de gestante e newborn os atingirem com seu marketing e nos garantem vendas com nove meses de antecedência. Nos mantendo ocupados o ano inteiro! 😀

Se você tem alguma estratégia de marketing de sucesso que usou em seu negócio para compartilhar, deixe aqui nos comentários. Nos adoraríamos ouvi-las. 👍

 

Original:

I know a lot of studios are going over their marketing plans for 2017 right now and I thought I’d share one of our marketing concepts.
Progress Pregnancies
We have been using Progress Pregnancy shoots as a loss-leader form of marketing (a product sold at a loss to attract customers) for the past 5 years.
We have always sold them at a reduced price (from our standard sessions.) They include 1 image created from 8 sessions – starting from 12 weeks and concluding with a newborn session. All are quick 10-15 minute sessions (done at the end of the day) except for the last pregnancy session which is a full one hour (and includes partners and siblings) and the newborn session which is 2 hours (also including family.)
The reason we love Progress Pregnancy sessions is they encourage parents-to-be to book us prior to 12 weeks and allows us to create a strong bond with our clients as we become “part of the process”. We hear the ups and the downs and share in every milestone (and I personally get so excited to finally meet and photograph their babies.)
We have found that by the end of these types of sessions clients always spend more than our average client on their pregnancy and newborn images as they have had months to prepare, save and a mentally part with their money. Clients also develop a strong bond with our studio, so they always come back. Sometimes, several times a year (which we love because we get to see their babies grow – These clients become family to us.) And lastly, they are guaranteed to always tell their friends!
Through Progress Pregnancy sessions we develop a strong relationship with our clients. One that is built long before most pregnancy and newborn photographers have even started marketing at them and they guarantee us sales in 9 months time. Keeping us busy all year round. 😀
If you have any marketing concepts you’ve been successfully using in your studio that you’d like share please join the conversation below. We’d love to hear them. 👍

Dica de prop barato para fotografia

A fotógrafa Paula Massoni mandou pra gente uma *SUPER DICA ECONÔMICA DE PROP*!

Vejam este cesto de compras que a equipe dela usou. A composição ficou  linda com o fundo 283, disponível aqui 👉http://danibertolucci.com/shop/fundo-fotografico-em-tecido-backdrop-283/

📌 Você tem mais dicas de props inusitados?
📌 Gostaria de compartilhar com o mundo e ser destaque no blog do Newborn Carioca e da loja Dani Bertolucci Props and Drops?

*Manda pra gente!*

Dica de prop barato para fotografia, pela fotógrafa Paula Massoni
Bebê num prop feito com cesto de compras


hello@danibertolucci.com

Às vezes, as dicas mais simples são as mais úteis, não é mesmo?

Que venha 2017!

O ano de 2016 está chegando ao fim, e com isso vêm as expectativas para o ano que está chegando. Preparei uma lista de 13 ações para ter um 2017 muito produtivo. Por que 13? Porque não acredito em azar. Resultados são frutos dos nossos estudos e esforços. Somos responsáveis pelo nosso futuro. O que você vai fazer para garantir o seu? Veja, abaixo, algumas dicas para começar bem seu ano.

 

  1. Trate seus clientes como amigos. Decore os nomes deles e dos filhos, anote seus aniversários e o que mais for importante para eles. Mantenha contato ao longo do ano.
  1. Ajude seus colegas. Se o negócio do seu vizinho vai bem e está sendo lucrativo, o seu tem mais chances de ser também. Quando a maré sobe, todos os barcos sobem junto.
  1. O que vai volta. Pergunte aos seus amigos como você pode ajudar o negócio deles a crescer. Doe seu tempo, seu talento e seus conselhos de forma genuína e sincera. Sem dúvida você receberá muito mais em troca. É a lei da reciprocidade.
  1. Você não é seu público alvo. Talvez você não pagaria muito por fotografia, mas isto não significa que seus clientes não pagariam vários salários mínimos para serem fotografados por você!
  1. Surpreenda seus clientes. Entregue mais do que ele contratou. (Mas sem exageros!) Pense no método McLanche Feliz: você paga pela refeição e seu filho ganha um brinquedinho. Entregue algumas fotos extras, presenteie-os com um mini-álbum sanfonado. Eles dirão a todos que você vale cada centavo do que cobra.
  1. Faça menos por mais e melhor. Não atire para todos os lados. Concentre-se no que você faz melhor.
  1. Foque em você, não no seu concorrente. Você não sabe quais são seus objetivos, seus custos. Já parou para pensar nos seus?
  1. Coloque sua família em primeiro lugar. A maioria de nós virou autônomo para ter mais tempo livre e nos dedicarmos mais àqueles que amamos. Respeite seus próprios limites e explique para seu cliente que você valoriza tanto sua família que fecha a agenda para trabalhos à noite e aos domingos, por exemplo.
  1. Invista dinheiro em tempo. Terceirize edição de fotos, contrate um contador, faça permutas. Assim, você poderá se concentrar no que gosta e sabe fazer melhor.
  1. Saiba quanto custa para trabalhar. É preciso calcular suas despesas para precificar seu trabalho de forma a ter lucro.
  2. Compareça a um congresso por semestre. Estar em contato com fotógrafos renomados, compartilhar suas experiências e fazer networking é imprescindível para nos tirar da inércia, nos inspirar e motivar.
  1. Trate seus melhores clientes de forma especial. Foque naqueles que são mais fiéis e indicam seu trabalho. Surpreenda-os com um presente seis meses depois de um ensaio, ou no aniversário do seu filho, ou no Natal. Lembre-se que o que vale é a intenção. Seu mimo não precisa ser caro.
  1. Não seja mediano. Nós concorremos com o que é grátis porque hoje em dia todo mundo tem uma câmera. Ofereça produtos, serviços e cenários únicos que seus clientes não poderiam obter em nenhum outro lugar.

Comprometa-se consigo mesmo. Qual das dicas acima você mais gostou e vai colocar em prática primeiro?

PS: Ofereça um presente digital para seus clientes. Aqui você encontra templates para capa de Facebook feitos por mim e pela designer Renata Bitencourt. Baixe os arquivos em PSD e personalize-os com fotos de seus clientes. Inclua seu site. Seus clientes ficarão felizes por receber este presente inesperado e vão impressionar os amigos (ou seja, novos clientes pra você) com uma capa feita sob medida! Basta fazer o cadastro aqui.

PS: Veja também as dicas das top performers do mercado aqui.