facebook_pixel

Como fazer o Cascão gostar de água

Olá, gente bonita!

Hoje vou ser bem direta.

Tem gente que chama de perfeccionismo e acha bonito. Eu chamo de protelação. Podem me xingar! rs…

Vamos falar abertamente. A verdade é que passamos nosso dia evitando as coisas difíceis e somos absorvidos por uma força magnética emanada pelas coisas fáceis. Acabamos preenchendo nosso tempo com essas coisas e, de repente, os filhos chegam da escola e o dia acabou!

Nem reparamos! Ou melhor, não admitimos. Quando nos damos conta, já se foi meia hora nos grupos do What’s App… Tem muita coisa que a gente considera trabalho, mas poderia limar tranquilamente e investir esse tempo de forma muito mais produtiva.

Quantas vezes por dia a gente ouve alguém reclamando que “não tem tempo pra postar”?

Eu acredito que a gente deixa pra depois tudo que não gosta de fazer. Para muitos fotógrafos, a dificuldade é em encontrar tempo para o marketing em redes sociais. Mas pensa bem… você já viu alguma musa fitness reclamar que não tem tempo de malhar?

Pois é, a gente sempre arruma tempo pra fazer o que gosta!

(Não estou dizendo que vocês são um bando de desocupados, ok? rsrs.. Pelo contrário!)

[ Agora segura um instante que vou ali pro confessionário] …

Quando criança, eu trancava a porta do banheiro, deixava o chuveiro ligado e fingia que estava tomando banho. Dizia que o-di-a-va tomar banho! Mas quando minha mãe descobria e me obrigava a entrar no chuveiro, eu não queria mais sair!

Moral da história: O Cascão só vai descobrir que gosta de água quando se molhar.

Ou seja, talvez o marketing não seja lá tão sofrível assim e você só precise de uma base, umas gotinhas, uma borrifada!

Basicamente, sem público, você não tem cliente. Num mundo ideal, começaríamos por atrair nosso público alvo, construir uma tribo de seguidores e agregar uma legião de fãs antes mesmo de nos lançar como fotógrafos.

O que mais vejo são as pessoas se preocupando com as coisas erradas.

Querem trocar de câmera, fazer um site ultra moderno, mudar de logo…  Se você está preocupado com essas coisas e não disponibiliza conteúdo cativante para conquistar seu público, você está pulando as etapas.  E, consequentemente, jogando dinheiro no lixo. #danisincera

Antes de pensar nestes detalhes, a prioridade número um deveria ser alcançar seu público alvo oferecendo benefícios a ele – mesmo sem ter sido contratado! Sim, estou falando de dar de graça.

Mas não é pra sair fazendo ensaio 0800, gente! Peraí!

Você precisa pensar além do que produto/serviço que vende (fotografia, no caso) e focar em ser *relevante* para o seu cliente ideal. Imagine:

Quem você é:
– Fotógrafo de paisagem que vende impressões fine art

Qual é o perfil do seu cliente ideal (para quem você quer vender?) :
– Um homem solteiro apreciador da natureza e da arte contemporânea

Conteúdo interessante para exibir para seu público alvo:
– Como pendurar quadros na parede da sala, imagens que vão impressionar as visitas, sugestões de decoração masculina em apartamentos pequenos, lançamentos de produtos de beleza orgânicos e ecológicos para homens, opções de artigos de arte para oferecer como presente, as dez melhores trilhas para fazer com amigos no Brasil…

Entende o espírito da coisa? 🙂

Investindo seu tempo em criação e curadoria de conteúdo, você irá construir um namoro com o público certo e, no momento certo para ele, seu cliente ideal lhe pedirá em casamento = vai contratar você! Conquistando sua tribo, você terá muito mais resultado para vender seu produto ou serviço. Então, por enquanto, se concentre nisso. Quando obtiver resultados, talvez você até comece a curtir um pouco de marketing. 😉

Beijo grande,
Dani

PS: Quero ver quem vai ter coragem de deixar uma confissão como a minha! Hahaha!

About the Author

Leave a Comment:

(8) comments

Silvia 5 de abril de 2017

Oi Dani, amo suas postagens…
E vc está muito certa… Temos medo as vezes de investir em coisas, por isso ou aquilo…e deixamos escapar muitas delas…
Estou aqui refletindo sobre essa postagem… Uau, quanta coisa a fazer!
Obrigada Dani, vc é uma linda.. e Sincera! rsrsrs… Bjs !

Reply
    Daniela Bertolucci 27 de abril de 2017

    Silvia, como fiquei feliz em ler seu comentário e saber que o texto provocou uma reflexão. Obrigada mil vezes! Beijossss! Sinceridade, sempre1 rsrs

    Reply
Silvia 5 de abril de 2017

Sensacional Dani! Td que muitos de nós pensamos mas não verbalizamos! Parabéns!

Reply
Cleusma Pereira Moura dos Santos 6 de abril de 2017

Que a gente gaste menos tempo procurando imperfeições pela vida, e resolva sair pelo dia se fartando com as pequenas grandezas de algo bom, que a gente enxergue longe mas acate o que tá perto para ser feliz hoje, e que seja insistente e cuidadoso com os sonhos do coração, mas que seja tomado de muita gratidão, para festejar as bençãos de agora. Porque viver bem é isso, é ser forte e não querer parar, mas ser sábio e atento o suficiente para recolher o melhor de tudo para si, não deixando nenhum pedaço de felicidade passar.
Você é uma profissional que motiva de forma carinhosa despertando o melhor em nós….Obrigada!

Reply
    Daniela Bertolucci 27 de abril de 2017

    Você é muito querida. Te quero muito bem. Obrigada pelo carinho. Abraço forte em você!

    Reply

Amei Dani, o tempo é precioso e VALIOSO. As pessoas estão utilizando ele de forma errada. Até mais quando perde tempo em grupos reclamando de clientes. Amei e compartilhei!!

Reply
    Daniela Bertolucci 27 de abril de 2017

    Foco, foco, foco! Reclamar não leva ninguém a nada, não é? Vamos falar menos e fazer mais! 🙂 Beijosssss!

    Reply
Add Your Reply

Leave a Comment: